Cabo Verde
Encontro
You need Java to see this applet.
EDUCAÇÃO OU INFORMAÇÃO, É A CHAVE DO DESENVOLVIMENTO
NEWS ROOM 3
As opiniões ou comentários inseridos aqui não tem ou não estão relacionados com a filosofia do www.topicos123.com
que é um portal da comunidade e para comunidade, sem nenhuma pretensão política ou religiosa.  Todos serão bem
vindos, engrandecendo cada vez mais o espírito comunitário da nossa comunidade.  
28 Maio 2011
CANDIDATOS PRESIDENCIAIS E A COMUNIDADE

A Comunidade Santacatarinense nos EUA e também em outras  partes   do Globo,  gostaria de fazer algumas perguntas  pertinentes a
todos os candidatos presidenciais de Cabo Verde,  questões  que vão estar  relacionados  com o clima político e social de inseguranca
que está  localidade tem  passado nos últimos anos e que está criando  mesmo um enigma  quanto ao seu futuo,  especialmente à vasta
comunidade emigrada e também a maioria dos munícipes locais onde,  pode se ver uma grande rotura política dentro do partido que está
no poder;  roptura esta que levou os muitos apoiantes do Presidente da Camara,  Sr. Aqueleu Amado,  ou melhor dizendo,  os que
colocaram lhe no poder  e  agora já abonandonaram o barco, trazendo mesmo muita preocupação à continuidade democrática deste
Conselho.

Por mais pequena que esta região da ilha do Fogo  ou por mais esquecida politicamente que ela está, os seus filhos  estao concientes
que com um bom  trabalho politico e tendo em conta   o interesse  da comunidade Santacatarinense uma união entre todos, vai ou
poderá  ser possível.

Um Presidente  da República como todos sabemos , é um mediador ou um árbitro, deve seguir a Constituição e não enverendar
politicamente  por nenhum qualquer partido, quando haja preferência partidária dificilmente a igualdade legal e social será mantida.
A maioria dos Santacatarinenses só conhecem superficialmente estes candidatos,   Jorge Carlos Fonseca, Aristides Lima e Manuel
Inocêncio,  eles também,   possivelmente não estão muito a par  do que está a passar no concelho de Santa Catarina que é um pouco
diferente economicamente  falando do outro cionselho do mesmo nome que fica em San Tiago.

Na política  todos os candidatos  tem a sua  própria táctica,  uns são mais apoiados ou escolhidos pela cúpula dos partidos, outros
resolvem confiar no Povo e avançam independentemente, confiando numa victória.  

Todos devem saber que para jogar uma boa partida, há que ter em conta o conhecimento de fáctores essenciais para a victoria,  tais
como:  estar inteirado pessoalmente das necessidades da comunidade,  saber dialogar e dando a oposição seu devido respeito e  
prometer menos mas, fazendo que as promessas prometidas sejam cumpridas,  melhorando assim  o nível de vida da mesma.
Esperamos que os canditados ponderem e mostrem disponíveis  a toda comunidade  para responderem perguntas  pertinentes, criticas
e importantes para a sociedade.

Ser um Presidente da Republica, é ou deve  ser,  do Povo e para o Povo.  

Todos nós temos as nossas falhas,  ninguem é perfeito, o cessante  ou actual Presidente da  Republica,  Sr.Pedro Pires, levou o  nome
de Cabo Verde muito além,  projectando-o no mundo inteiro.  Para a maioria, é um grande Estadista, aprendeu com os outros e consigo
mesmo, soube aguentar os lances da politica,  e talvés vai levar no pensamento algumas decisões criticas – que se calhar -  poderiam
ser doutra maneira,  mas na vida, nem tudo vai ser da nossa maneira.

Aos candidatos esperamos   a vossa atenção quer pessoalmente ou atraves dos referidos mandatarios,  podendo entrar em contacto
quer pelo telephone,  email ou também pessoalmente.

Joaquim Fontes
Tel. 781 986 1089
joaquim20@hotmail.com   
santacatarinafogo@hotmail.com   
www.topicos123.com
                                  Lembrar e Pensar Independência

Um feliz dia 4 de Julho, festejando a independência dos EUA,  tambem antecipadamente, um feliz dia 5 de Julho, que é independência
de Cabo Verde.

Neste dia chuvoso pelo menos nestes lados da Nova Inglaterra, a espectativa é de festa mas, parece que o cook out barbecue  ou
churrasco, vai ser por dentro  talves com menos intensidade, poupando as galinhas que para além de passarem muito mal nestes
dias nos EUA , pelo menos as assadas na rua vai ser um pouco menos
.
A independência de qualquer país é motivo para celebração, é uma libertação de um  estado captivo  para um estado livre,  quando
haja democracia e liberdade o progresso impera.

Em Cabo Verde, poucos dias antes da sua celebração, saimos das eleições autárquicas que culminou mais uma vez mais na
celebração da democracia, dando vitória aos partidos politicos mas, esta democracia ainda não está com os pés bem fincado na terra;
um inimigo opaco está ameancando a nossa democracia, actuando de diversas maneiras com manipulacoes de votos explorando e
aproveitando duas dimensoes democráticas negativas que são a pobreza e a falta da escolaridade, duas convições frágeis  que na
maioria das vezes, podem descarrilar a democracia  prejudicado o Povo.

Já não se pode esconder a verdade,  a manipulação de votos em Cabo Verde, já é internacional, medidas devem ser implementadas o
mais breve possível pelo Governo e pela Comissao Nacional Eleitoral para frear este mal democratico que está ameaçando a nossa
democracia.

Na Africa, temos um exémplo bem pertinho - para não falar de muitos outros países africanos -  que é o caso  caso da Guiné Bissau,
um país dito irmao mas, que já nao pode governar por si mesmo, devido a ganancia do poder e do enriquecimento pessoal, um triste
exémplo a seguir.

Em Cabo Verde,  ilha do Fogo, na freguesia de Santa Catarina, um concelho praticamente suportado pelos seus emigrantes, depois de
um status quo quase permanente, o seu Presidente da Camara, depois de ganhar as eleições outra vez já prometeu fazer tudo para
endereitar as coisas e fazer melhor.

Governar democraticamente, não significa mandar parcialmente ou estar do lado do partido mas sim, cumprir os tramites da lei e da
constituição.

Uma Câmara Municipal,  para muitas pessoas que não sabem,  nao é propriedade de qualquer presidente da câmara mas sim,  
propriedade de toda a comunidade,  por isso a comunidade deve unir cada vez mais, pensando num desenvolvimento sócio
economico sustentavel com uma dinámica diferente, sustentado na ideia do privativismo que na maioria das vezes concretiza em
progresso.

Os Santacatarinenses, sabem muito bem que podem fazer muito mais e melhor,  os governos devem  implementar ideias novas
procurar muito mais para concretizar projectos  e também fazer uma reciclagem mental para, facilitar e apoiar iniciativas privadas ou
comunitárias próprias a fim de trazer desenvolvimento e união a sua população e, sair um  pouco das masmorras da miséria.

Joaquim Fontes
Randolp MA EUA
4 Julho 2012  
SANTA CATARINA FOGO CABO VERDE
DESFORRA POLĺTICA OU MALVADEZA CALCULADA?
Qualquer político que usa estrategia pré-meditada  de vingança ou persiguição política para agir contra os votantes
que votaram contra sua candidatura, merece  uma reprovação prática, politica  e urgente dos dirigentes deste
mesmo partido de acordo com as regras democráticas existente no país e na constituição e, caso isso não acontecer
a comunidade democrática deve sair á rua  expôr e reivindicar publicamente seus direitos cívicos garantidos pela Lei.
A confirmar oficialmente o que foi transmitido pela televisão Estatal de Cabo Verde, RTC, o caso que está sendo
ventilado e criticado abertamente no concelho de Santa Catarina Fogo e na diáspora exposto pelo ex candidato do
MPD, o Senhor Alberto Nunes, nas recentes eleições autarquicas deste Municipe supostamente, perpetrado pelo  
Senhor Aqueleu Amado,  vencedor do mesmo contexto eleitoral referente a não pagamento pela Câmara Municipal,
duma renda relacionada com um espaço ou sub locação bancaria no mesmo edificio da câmara ao proprietário Sr.
Jose Vieira, e a não pagamento de propinas aos alunos que votaram contra a candidatura do vencendor, é mesmo
gravíssimo  e uma afronta a todos os Santacatarinenses  que pactuam  na igualdade de direitos e numa união
democratica.
12 Julho 2012
21 Agosto 2012
Jorge Carlos Fonseca, um Presidente em todas as zonas

Completa hoje dia 21, de Agosto, um ano em que Jorge Carlos Fonseca, foi elegido Presidente da Republica de Cabo Verde, tornando assim
em mais um Servidor de Estado.

Concretamente e sem margem para dúvida, a eleição do Dr. Jorge Carlos Fonseca, trouxe estabilidade politica para esta jovem democracia que
estava diambulando no periodo eleitoral para uma escolha presidencial certa.
Zona, como ele é conhecido entre seus amigos, está seguindo e desenvolvendo uma política talvés nunca dantes visto em Cabo Verde, com
uma visão própria e independente, possibilitando assim um relacionamento que pode trazer vantagens em muitas áreas tanto Nacional como
Internacional.

Nas ultimas eleições presidenciais foi  apoiado pelo partido Movimento Para Democracia, MPD, partido este que no passado tinha sido
desligado.  Foi uma campanha politica bastante intenso em Cabo Verde, onde se viu o Partido Africano Independencia Cabo Verde, PAICV,
praticamente devidido politicamente entre duas alas, apoiando dois dos seus candidatos que reverteu assim numa victória popular nas urnas
para este jovem Presidente.

Após a eleição presidencial em Cabo Verde, houve uma outra dimensão politica, especialmente na diplomacia internacional onde se viu uma
ampliacao maior num curto espaço de tempo em que o Presidente da Republica, participou em diversos contactos deplomaticos no estrangeiro.

Num contexto mais alargado e sobretudo devido a sua situação geoestratégica, Cabo Verde, está numa posição mesmo de influência tanto dos
países ocidentais, orientais e mesmo africanos que estão fazendo pressões políticas com interesses próprios que podem influenciar
negativamente os verdadeiros interesses de Cabo Verde.

É bastante clara a hegemonia politica de alguns países que não coadunam com a democracia ocidental e que o nosso país, teve ou tem
alguma relação, estes países são democraticamente instáveis ou politicamente desestabilizados e mesmo com regimes ou facções perigosas
ligados a grupos terroristas que sobejamente estão causando verdadeiros pánicos em muitas sociedades ou nações.
Portanto o governo, a deplomacia Caboverdiana e sobretudo o Presidente da Republica, devem estar mesmo cientes e em sintonia política para
poderem contrapor estas influências negativas   que em qualquer momento podem causar males aos nossos interesses.
Só para citar alguns exemplos, temos o caso da Guiné Bassau que praticamente ficou como uma nação sem crédito onde vários governos já
foram sangrentamente derrrubados tudo isso, fomentados por interesses externos camuflados que continuam perseguindo seus objéctivos e
os do chamados “Cornos de Africa” lugar que os extremistas islámicos operam politicamente e descontroladamente noite e dia com uma unica
intenção de fortalecerem suas influências em outros governos democraticamente frageis, servindo assim de plataformas para exportarem
convicções, substâncias e violências.
Joaquim Fontes  
                    GOVERNAÇÃO – SOSSEGO - CRIMINALIDADE  EM CABO VERDE

Cabo Verde, dez pequenas e bonitas ilhas, situado no Atlántico, na costa occidental da África, a escassos kilómetros de Dakar Senegal, durante
as trés últimas décadas,  tem estado praticamente governado pelos dois grandes  partidos políticos o PAICV e MPD. Durante todo este tempo o
pais sofreu grandes alterações, socialmente e politicamente , a imagem do país transformou de tal maneira que em véz de ser um país
desconhecido passou a ser  um estado reconhecido mundialmente a mérito próprio.

Nenhum governo pode demitir o Povo mas, o Povo pode demitir qualquer governo.
A estabilidade de Cabo Verde não está no desenvolvimento material ou criando infraestruturas mas sim, na tranquilidade do seu Povo e da sua
comunidade. Quando este parámetro social ficar minado é sinal de que algo errado na política governamental nao está funcionando de acordo
com a sua Constituição e, tudo deve ser feito para que haja  uma correção certa.

A Constituição não diz que uma empresa praticamente sustentada e gerida pelo Estado, como é o caso da TACV seja manipulada de tal
maneira que segundo muitas fontes, os empregados, os familiares, os amigos de familiares possam viajar gratuitamente,  pior ainda, alguns
familiares e amigos, trasicionam bilhetes de passagens a terceiros vergonhosamente, prejudicando a empresa e mais grave ainda aos
passageiros, obrigando-os a pagarem uma exorbitante tarifa comparada e em relação aos outros transportadores áereos cobrindo a mesma
distancia aerea.

Os Tribunais em Cabo Verde, como é do conhecimento geral pouco funciona, muitos casos legais  estão sendo arquivados  duma forma
alarmante, deixando casos criminais por solucionar e, pondo os crminosos a soltos cometendo assim mais crimes.

Em Cabo Verde, a diáspora Cabo-verdiana, é o sustentáculo económico deste país, seja em que cariz seja analizada, foi e continua sendo o
motor principal do desenvolvimento destas ilhas.  O emigrante está ficando cada vez mais descontente com a crimlidade que impera nas
comunidades deste país.

A capital Praia, praticamente todas  as casas estão sendo fortificadas com grandes de ferro, disfigurando a aparencia e a arquitectura da cidade
duma maneira tal que pode igualar  a uma prisao, pondo  a liberdade mesmo congestionada limitando assim a vontade e o transicionamento
das pessoas.
Muitos políticos já foram ameaçados, outros já sofreram actos crminosos. Alguns Oficiais e Juizos, já sofreram actos de vandalismos   e
ameaças perigosas. O indice não fitício da crimilidade está aumentando galopantemente em muitas comunidades.

No Concelho de Santa Catarina, na ilha do Fogo,  nas últimas décadas o sossego e a tranquilidade era um motto invejável por outras
comunidades, tornou se de dia prara noite um lugar praticamente inseguro, muitos crimes sem solução como foi o assasinato de Nini Maia
Gato, o desaparecimento de uma outra pessoa que nunca foi encontrada.

Nas ultimas semanas em Cova Figueira e vizinhanças e, noticiada a nivel nacional e internacional, um surto de furtos  foram  efectuados
arrombandos e roubando casas de emigrantes, causando pánicos e medo entre a população deixando muitas incógnitas no ar.

O Governo e a comunidade, deve fazer mais e melhor, os politicos e as autoridades, devem prever as consequencias negativas que vão surgir
se medidas ou leis apropriadas não forem implementadas o mais breve possivel.

Os emigrantes estão descontentes com tudo isso e, muitos estão reconsiderando visitas ou aposentação na Terra Natal. A indústria túristica vai
sofrer com tudo isso, sobretudo a imagem de Cabo Verde está sendo afectada comparando o rácio de crimilidade entre o número da população
deste pais a qualquer outro grande pais.

Joaquim Fontes
4 Mar 2013
USA
            FÁCTOS - MENTIRAS & POLĺTICA

Toda gente sabe que os fáctos sáo fáctos;  são realidade das coisas.  O caso do Benfica, é um exémplo disso, muita gente pensava que
ganhava mas, perdeu tres taças consecutivas neste ano, provando os fáctos ou factóides.
Mentiras, são palavras ou actos fenominais que a gente usa muitas vezes de diversas maneiras para esquivar a realidade ou para prestigio
ou despertigio pessoal, consciente ou inconsciente.

Política como todos nós sabemos, é uma arte cientifica, usada para  arrumar as coisas dum geito apropriado, dependendo da qualidade,
capacidade e inteligência do político ou dos políticos.

O que torna esta arte e ciência interessante, é o reflexo que ela tem  na sociedade e consequentemente nas nossas vidas.  Há políticos
astutos, inteligentes, ponderados, mentirosos e sobretudo corruptos mas,  todos estão envolvidos nesta  arte de uma maneira ou outra.    
Um dos supostos parámetros sagrados da política e dos politicos, devia ser proteger a liberdade individual e pública, defender e
salvaguardar a justiça e o progresso social.

O limite ou o fim da liberdade, contrasta se ou collide se com o direito universal de cada individuo de exprimir ou decidir por si mesmo o que é
bom ou o que é mau.

Desde os primórdios dos tempos os homens e as mulheres, procuram uma continuação satisfatória  usando o julgamento e a  justiça como
um mobil desta estrategia de poder manter um equilibrio, ou mesmo uma  hegemonia na sociedade.
Nos tempos modernos os governos e governantes, usam estratagemas diferentes para atingirem seus objéctivos disfarçando como
defensores da liberdade e da democracia num Mundo que está ficando cada vez mais pequeno e perigoso.
Nestes ultimos dias, a Europa, os USA e em geral o mundo, inteirou se parcialmente dos meandros políticos em prol da chamada defesa da
liberdade e da segurança nacional;  uma forma diferente dos métodos comunmente usados na diplomacia e espionagem política entre
governos.

Segundo muitas agencias de noticias, o Governo  Americano de Obama, monitora quase tudo em defesa da segurança deste grande pais.
Todos os registos das conversas telefónicas, endereços, internete e outras sofisticadas tácticas electrónicas, estão sendo usadas
praticamente em qualquer parte, podem supostamente ser rastijadas e escutadas, controlando assim quase tudo tanto nos USA como
noutras partes do Globo. O Governo de Obama, reitera que está seguindo os trámites legais da Lei para proteção nacional e que está
seguindo o mesmo caminho do seu antecessor, Presidente Bush, sobre este  crítico tema de espionar para proteger os Americanos.
Continuando ainda nos fáctos, em Cabo Verde, um país que desesperadamente precisa da sua deplomacia política para um relacionamento
e sobrevivência condigna, o seu Presidente, Jorge Carlos Fonseca, foi recebido no Vaticano pelo actual  Papa Francisco, tendo lhe
endereçado um convite para uma possível visita as estas belas e históricas ilhas.

A religião, diplomacia e política, conjuga se de muitas maneiras mas, há que ter em conta bem os interesses das partes envolvidas que as
vezes não é fácil de seguir a linha fina deste caminho. Recorda se que alguns anos passados Cabo Verde, tinha uma suposta oferta do
extinto Coronel Kdaffi, da Libia, uma quantia de cerca de um Bilhao de dollars para implementação do Islão em Cabo Verde, o que ficava
diametralmente oposta contra os interesses da grande maioria dos católicos Cabo-verdianos.
Outra vez em Cabo Verde, a mentira e a politica, collide se muitas vezes, como é logico igual as outras partes mas, o que nao é igual é o
Primeiro Ministro, José Maria Neves, anunciar publicamente a morte do Grande Mandela, Ex-Presidente da Africa do Sul sem primeiro
certificar o alcance da sua infeliz declaração que apressadamente retractou, dizendo que a informação nao era verídica e que tinha sido mal
informado.

Ponderação e astúcia, devem ser implementadas conscientemente  nos momentos apropriados e nunca nos momentos de euforia de ser o
primeiro ou de passar pela frente.
Fáctos, mentiras e políticas, são parámetros sociais usados dia a dia nos dizeres e afazeres quotidianos, o que me leva a lembrar de um  
amigo de nome Totoni Coneh, que já não está no mundo dos vivos,  na cidade de Sao Filipe, nos anos setenta, numa tarde e numa conversa
a dado momento o amigo disse:  ”Sabe, todas as coisas que conversamos nesta conversa  estão ficando gravadas no ar e no Universo“.

Numa conversa amiga, noutro tempo, noutra latitude, numa dimensao diferente e num contexto Universal, quem sabe, tudo perdura no tempo
e espaço que fica para além da nossa imaginação.

Joaquim Fontes
Randolph MA
12 Junho 2013
                               POLĺTICA CONCENSO E IMPLEMENTAÇÃO

A luta política entre os Democratas e Republicanos no Estado de Massachusetts, um estado onde os liberais sempre estão na mira do
poder politico, sofreu nos últimos anos uma re-viravolta que deixa mesmo mutios  Republicanos  repensar estratégias de como
enfrentar para vencer a máquina poliitica dos Democratas.

Depois da esperada victória do ex-Senador Republicano Scott Brown,   ocupando assim a cadeira do falecido Senador Edward Kennedy
no Senado dos USA obviamente os democratas aprenderam mais uma vez que muitas vezes o jogo politico não é garantido.

Scott Brown, muito cedo deu conta que a sua victória seria mesmo praticamente e politicamente curta,  veio dar conta  de um modo
convincente ao perder a favor de Elizabeth Warren que reocupou novamente o lugar do histórico Edward Kennedy.

Depois da remodelação do Governo de Obama e, quando o Senador John Kerry foi nomeado Secretario de Estado  pelo President
Obama, preenchendo a vaga que Hilary Clinton deixou para ela descansar e, possivelmente para preparar para uma eventual tentativa
de fazer mais uma vóz história de reocupar novamente a Casa Branca e desta vez como a primeira Presidente de America,  cumprindo
assim a sua velha ambição política, assim apareceu  mais um lugar ou vaga a preencher no Senado dos USA.

Desta vez todos os olhos dos políticos concentraram no desafio entre o Congressista Edward Markey e o ex-militar Gabriel Gomez, que
foi um especialista Navy Seal nas Forças Armadas dos USA  que eventualmente veio a ser um bom empresário capitalista,
ultrapassando em poucos anos a capacidade financeira do seu opositor.

Gomez, fez tudo para sagrar campeão mas, perante a experiência e o grande apoio e a estruturante máquina politica dos Democratas,  
Markey, praticamente já tinha a victória garantida, vencendo com uma confortável margem nas urnas.

Na democracia, os votantes determinam e avaliam as propostas dos políticos e quando não estão de acordo, o resultado é óbvio, ou
senão sao corridos fora.

Um exémplo disso é a perda dos Republicanos nas últimas duas eleições para a Casa Branca; os latinos praticamente determinaram
a balança política deste país.

A questão do problema da emigração nos USA sempre foi um dilema, por um lado está a seguridade dos USA e por outro lado, está a
conviniência dos grandes empresarios.

Antecipando uma terceira derrota nas urnas, os Republicanos convenceram de mudar a rota política deste partido na questão
emigratória e concordaram com os Democratas no Senado sobre a maneira de satisfazer seus objéctivos; agora falta o concenso na
Casa dos Representantes onde a ala extrema direita os chamados Tea Party-Festa de Cha, estão posicionados para fazer vida dura
aos apoiantes da reforma emigratória.
Os politicos moderados de ambos os lados, concordaram em reforçar a fronteira, uma espécie de militarização com um aumento de
cerca de quarenta mil tropas e uma extensão grande construindo uma barreira fronteiriço.

Os politicos as vezes ponderam sobre questões sensíveis da humanidade como a divisão fronteiriça entre as nacões com o objéctivo
ou pretesto de agradar os votantes e, até mesmo a comunidade; mas com uma política mais humanitária todos os lados podem
beneficiar muito mais.

A quetão de construir muros e aumentar segurança na fronteira dos USA com o Mexico, pouco vai deter o fluxo emigratorio das pessoas.

A fronteira entre estas duas nações é  tão vasta que é impensável  a construção de muros na sua totalidade para extagnar o fluxo
emigratório  porque monetariamente não seria viável e depois, as improvises e imaginaçôes   humanas sempre encontra alternativa de
um geito ou outro.
J.F
June 27, 2013
                                                                          RETROSPECTIVA DA SEMANA

As manchetes ou tópicos de notícias que acontecem numa semana sempre estão ligadas ás causas naturais e humanas de uma maneira ou
outra dia por dia.

Para descontrair, no desporto o acontecimento máximo foi a Copa da Confederação realizada no Brasil; logo de início muita gente descartaram
a victória do Brasil, escolhendo Espanha, México e Itália;  mas a convincente goleada do Brasil sobre Espanha, provou uma véz mais que ainda
o futebol bonito deste país não desapareceu e nem vai desaparecer.

Continuando outra véz neste país de carnaval e samba que foi descoberto pelo navegador português Pedro Alvaro Cabral, há já vários séculos
passados mas agora tem estado levantando um importante fenómeno politico-sócio cultural que se não for solucionado, os ventos de
mudanças ocorridos em outras partes, podem contaminar os Brasileiros com a loucura na do época  mundial do mundial de futebol no
próximo ano, pondo o governo numa posição de bastante crítico  e com possíveis mudanças radicais e sociais nesta próspera nação.

Saltando para Portugal, os Portugueses são inteligentes mas, infelizmente os governos não são assim, descobriram novos mundos,
colonizaram muitos países mas não usaram a deplomacia e optaram por violencia ou guerras e, praticamente não ganharam quase nada no
fim e resolveram trocar tácticas um pouco tardio mas, pelo menos mudaram positivamente.

O que aconteceu ou está a acontecer agora em Portugal, são decisões governamentais mediocres e a teimosia de aguentar a todo o custo no
poder, esquecendo o interesse e o sofrimento da maioria do povo português que  está num estado desesperado e já não pode aguentar mais
o áctual governo.  O Ministro das Finanças, Paulo Portas, um político enigmático, escolheu uma das portas do governo para sair – mas, voltou
a entrar noutra caprichosamente tudo leva a crer que não vai aguentar e, possivelmente este governo vai ser dessolvido pela pressão e calor
popular. Uma coisa estranha  acorreu  com as decisões governamentais deste pais; é sabido que a troika manda em Portugal, mas o que não
se entenda, é a mediocidade democrática destes governantes, em véz de procurarem deplomacia positiva com outros países, tiveram a
ousadia de correr com o Presidente da Bolívia, um país amigo e com boas relações, interditando infantilmente a sua passagem no espaço
aéreo português, sem lembrar que esta decisão vai recochetear nas na diplomacia entre estes dois países.  
Decicões precárias ou estupidez governamental está na ordem de tudo isso.

Será que Portugal precisa de um novo resgate financeiro da troika ou os governantes e os ricos ponderam encher mais as algibeiras?...
melhor  lição precisa  ser aprendida com a revolução dos cravos, dando ao Povo o seu verdadeiro valor e o direito de escolher governantes
capazes de navegar este país nos mares altos em que vivemos agora e, lembrar os antigos e gloriosos dias dos navegantes que tinham o
espirito verdadeiramente português.

Nos EUA, há que lamenter a morte dos desanove bombeiros que morreram na Arizona, perto da cidade de Yarnell, combatendo um incêndio
florestal infernal, a pior dos últimos tempos. Estes corajosos Bombeiros, deram suas vidas, protegendo outros num intuito  de cumprir a
missão que escolheram na vida. Solidariedade e respeito para com as famílias dos malogrados, é o mínimo que se pode prestar.
Um outro grande acidente ocorrido, foi com o Boing 777, duma companhia Sul Coreana, que provocou duas mortes e muitos feridos ao
quebrar a parte traseira no momento da aterragem num aeroporto da cidade de São Francisco, California.

Nos EUA, a tecnologia da escuta electrónica  e rastejo está cada véz mais aperfeiçoada e por sinal menos guardada, o caso de Snowden, o
homém talvés mais procurado do mundo pelos EUA, Russia, China e possivelmente outros paises, tem estado na mira dos grandes políticos.
O que não se entende é que Snowden, praticamente um jovém mas, com um alto poder de inteligência e de roubar segredos também  sem
ser facilmente descoberto, conseguiu chegar até onde chegou sem ser descoberto pelas autoridades que guardavam estes segredos
governamentais dos EUA.  Este Espião, outro nome não seria apropriado, disse que fez tudo isso em nome da liberdade e o direito de
saber….. sem saber que  com o seu feito aumentou,  divulgou e criou maneiras para uma possivel Guerra Fria na vasta arena da espionagem.
Interpelado pelos jornalistas sobre as escutas dos políticos aliados dos EUA na Europa, o Presidente Obama, mais ou menos disse, é bom
saber o que está a passar com os amigos, assim serão melhor protegidos; o dito que diz, o Homem nasceu livre, parece que está a ser
ofuscado nestes nossos dias onde tudo o que fizemos em privado, pode ser visto ou rastejado, pondo o direito de ter, ser, saber, num plano
inferior.

Na França, como os franceses sempre estão a inovar, um jornal deste pais disse que o governo também usa  escutas e meios electrónicos
sofisticadas para fazerem espionarem dentro e fora do país,  pelos vistos apesarem de gostarem do vinho também gostam de espiar.

No Egipto, país dos Faraós e da Cultura Universal onde muitos acreditam nos poderes dos grandes pirámedes, menos de dois anos depois
de ser elegido democraticamente o governo deste país foi derrubado pacificamente pelos militares dando assim uma outra opção
governamental sem certeza de funcionar bem.

Viajando em Cabo Verde, um país democrático e bem jovém  desde a sua independência e com uma economia bem frágil, suportado
praticamente pelos seus emigrantes e endividando dia a dia, não está aceitando ou acreditando no desmoronamento da economia mundial e
o seu governo parece  ter algum recurso petrolífero escondido para custear o aumento salarial prometido aos funcionários públicos sem
sequer melhorar a escassa e pobre fatia que vai para os pobres necessitados. Talvéz outros motivos levou o governo a tomar esta desicião de
aumentar salários ou vencimentos dentro desta grande crise que o país esta mergulhado com um grandissimo índice de desemprego.

O MPD partido da oposição em Cabo Verde, vai realizar brevemente a sua Convenção Geral na cidade da Praia mas, aqui nos EUA os seus
militantes fizeram um trabalho mediocre comunitário onde a maioria da comunidade ficou por saber do acontecido, tendo somente algumas
dezenas de participantes na reuniao deste partido aqui nos USA; os politicos quando falam a mais normalmente pouco fazem.

Na cidade da Praia o muito falado caso ou processo da Lancha Voadora já aterrou com a decisão do Tribunal onde muitos ficaram
condenados e alguns absolvidos o que leva a fazer uma pergunta será  que vão estar abaixo da Lei?...

Na ilha do Fogo, Cabo Verde, uma ilha de beleza natural, parece que a justiça está a funcionar bem, tem isto a ver com o muito falado caso do
Ché KI Frá, contra a Câmara Municipal de Santa Catarina e seu Presidente Aqueleu Amado, onde o Tribunal da Comarca, deu a razão ao
queixoso, obrigando ao defensor a pagar mais de mil contos de recompense.
Muito pouco tem sido transpirado ainda pela Camara sobre esta decisão não sabendo ainda se vai apelar ou não.

Factos e ocorrridos na Retrospectiva Semanal. Desta vez com algumas correções nas gralhas
J. F.
Julho 7, 2013  
15 Julho 2013
                                                  RETROSPECTIVA DA SEMANA
As manchetes ou tópicos de noticias que acontecem numa semana sempre estão ligadas às causa naturais e humanas de uma maneira ou
outra.

Sem dúvida nenhuma na comunidade dos PALOP, o acontecimento da semana foi o desaparecimento físico do artista Adriano Gonçalves,
mais conhecido por Bana, que deixou uma vasta legacia cultural-musical de grande envergadura que eternizará este grande cantor Rei da
Morna Cabo-verdiana.

De salientar também foi a cruel morte da Aleida, uma criança Cabo-verdiana que residia em Pawtucket, RI, USA, vitimada alegadamente pelo
próprio pai, Jorge de Pina, conhecido por Manti Fixi, que foi preso. A familia de Aleida, apela a comunidade para solidarizar com a mãe dela
para ajudar custear as despesas a fim de que os restos mortais dela seja sepultada  na sua terra, Cabo Verde.
A violência doméstica na comunidade, afecta  todos de uma maneira ou outra e, muitas vezes está ligada a muitos fáctores, como a
depressão, o estado financeiro da familia, o alcolismo e o desentendimento social.

Em Cabo Verde, na Vila Nova, São Vicente, uma ilha com um elevadissimo grau de desemprego onde grande parte da sua população está
mesmo num estado de desespero, um homem de idade avançada de nome, Joao Dias, matou com dos tiros a sua mulher Elsa Almeida,
conforme noticiou o jornal Asemana, ver em  http://www.asemana.publ.cv/spip.php?article90022&ak=1  .

Na comunidade de Santa Catarina, Cova Figueira, Fogo, Cabo Verde, faleceu o conhecido, Senhor Gregório Lino Fontes conhecido por Goli
Tina, que deu a sua contribuição positiva para aquele Concelho.

Outra vez em Cabo Verde  e apesar do optimismo económico governamental a situação ou estado económico deste país, parece que está
muito vermelho em consequência dos coletarias negativos económicos mundiais que agora está reflectindo na vida da maior parte dos
Cabo-verdianos. Não era de estranhar porque este país democrático africano praticamente vive da ajuda externa, principalmente dos seus
emigrantes e segundo muitos calculus muitos emigrantes estao reticentes para investirem nesta ilhas.

Por outro lado o maior partido politico da oposição o MPD, acabou de realizar o seu congresso ou Convenção Nacional, reunindo membros da
diáspora e do país que elegeram como representante máximo Ulisses Correia e Silva, que constitui  sua equipa  englobadndo na Comissao
Politica quatro vice presidentes e 11 membros  todos oriundos da Praia.  Com esta nova casa arrumada com novos inquelinos e com a saida
do Veterano Carlos Veiga, nao se pode saber ainda como vai funcionar a maquina politica do MPD especialmente nas próximas eleições em
Cabo Verde.

Nos EUA, o que mais se falou, foi o julgamento do assasinato de Trayvon Martin, por George Zimmerman, que absolveu o defensor, deixando
grandes dúvidas sobre a sua não incriminação neste processo.

A questão da igualdade e desigualdade racial nos EUA especialmente entre os jovens é bem latente que ás vezes deixa muitas dúvidas
pondo a pergunta se defácto a justiça é transparente em muitos casos nos EUA.    Depois do veredícto final deste processo, levantou se um
movimento nacional contra o racismo e algumas organizações de Direitos Cívicos estão querendo iniciar um processo civico contra George
Zimmerman.  

Noutras partes do Globo, mais certo no Egipto, os ventos de mudanças que sacudiram ou estão a sacudir os paises africanos principalmente
no Médio Oriente, como  é o caso deste país aliado e extremamente importante para os EUA e Israel,  que  tem mantido um equilibrium politico
- militar naquela importante  geo-estrategica  do mundo, garantindo uma estabilidade constante  agora, parece que está a ser minado
politicamente duma maneira intrigante sem saber como vai ser o desfecho ou futuro desta histórica nação .

Com o golpe militar no Egipto que colocou fora o Prresidente Morsi, que foi elegido democraticamente e apoiado pela Irmandade Muculmana,
por sinal uma organização poderosa politicamente falando e por outro lado está o poderio militar  do novo regime que derrubou Morsi e por
outro lado, estão as massas ou apoiantes  deste  ex-President que  estão  insatisfeitos contra o deposto ou saida forçada do mesmo;  
violentos clashes entre estas forças  antagónicas já fizeram muitas vítimas mortais e um grande número  de feridos.
Conforme disse um analista político, o Egipto está comparado como um vulcão prestes a explodir.  Israel e os EUA estão cautelosamente
ponderando decisões delicadas a tomar, considerando as partes envolvidas neste conflito sem deixar transpirar claramente suas intensões
ou hegemonia politica naquele país amigo.
J.F
21 Julho 2013
J. F.
As manchetes ou tópicos de noticias que acontecem numa semana sempre
estão ligadas às causa naturais e humanas de uma maneira ou outra.
Ainda em Cabo Verde e num tom menos quente, em Cova Figueira, Fogo, parece que os intervinientes num debate de emblema ou
nomes, estão mesmos a não querer ceder. O Presidente da Camara Municipal do Concelho, Senhor Aqueleu Amado, não quer  dois
nomes na rua principal de Cova Figueira, tendo mandado uma carta oficial ao conhecido e elucidado, Senhor Jose Fontes, de idade
avançada, caminhando para o seu primeiro centenário  que por sinal e a bem da comunidade  conhece muita historia daquela localidade
e  suas gentes.
Ora, desde a muito tempo Jose Fontes, tem um sinal numa placa com o   seu próprio nome de Rua José Fontes na sua porta da sua casa
mas, o Presidente da Câmara, alegando infligimento de regras legais de apelidar ruas pelos próprios municipes, citou aíineas dum Artigo
ou Decreto Codigo que proíbe apelidar ruas  pelos privados embora seja nos próprios prermisses dos donos.
Ora, querendo estar  imparcial em tudo isso, bom seria uma concórdia mútua entre as duas partes em tudo isso, lembrando as tradições
culturais das gentes do  municipe  que colocavam lindas colchas nas varandas, janelas e portas nos dias festivos da comunidade e
também escreviam nas suas portas Feliz Ano Novo ou Boas Entradas, expressando seus contentamentos.
Os costumes sociais  comunitários não devem ser retirados, extinguidos ou obrigar a sua extinção porque é parte do costume tradiconal  
que só pode enriquecer a cultura.
A questao apropriada seria: Porque a Câmara Municipal não coloca mais um sinal oficial  na rua que foi apelidado pela propria Câmara
com um outro nome no espaco público junto a casa de Jose Fontes, deixando que o desejo de expressar no espaço privado seja evitada
de colidir politicamente com desejos poucos saudaveis a comunidade.
Um Forum comunitário para um debate sensível, seria apropriado; em toda as estorias há  diferentes opiniões e versões, Temos a copia   
da carta oficial do Presidente da Camara, Aqueleu Amado, enviado ao Jose Fontes, agora, seria bom ter tambem a carta que este enviou
para o outro, e assim seria mais agradavel chegar um interessante concenso comunitário publico.

Parafraseando um dito popular que diz: O Homem não se mede aos palmos mas sim pela sua capacidade de produzir positivamente para  
a comunidade  com a reflexao na sociedade de libertar pre-conceitos  e de melhorar o nível de vida social e político dentro da mesma
sociedade.

Ao celebrar os 95 anos da sua existência, Nelson Mandela, ex-Presidente de Africa do Sul,  um verdadeiro humanitário que acreditou
sempre no método pacifico de atingir objéctivos considerados por muitos de intransponiveis  fisicamente e moralmente, passando longos
anos nas masmorras duma prisão injusta  e de uma imperfeita justiça racista-fascista que mesmo assim não conseguiu deter uma
vontade inquebrantavel de mudar um status-quo civico e político prejudicial que veio mesmo trazer liberdade para um Povo, uma Nação,
servindo de exemplo para um Continente e mesmo para o Mundo   inteiro e que continua e continuará reflectindo positivamente nas
nossas vidas.   
Parabens a Nelson Mandela,  continua lutando pela sobrevivencia e, desta vez numa outra luta da vida mas, seja qual for o desfecho final, a
sua imortalização continuará para sempre.

Em Cabo Verde, na ilha São Vicente, no Aeroporto Cesaria Evora, um caso estranho que a PJ Policia Judiciaria, esá investigando neste
aerodromo, apareceram umas pedras – encunhais  neste mesmo sitio, postas possivelmente por humanos ou extra-terrestrial, talves
como um sinal de descordia sócial e economico devido ao clima de alto desemprego reinante nesta ilha que uma vez era sala e portao de
Cabo Verde. Politica, desespero, calunia, ou simplllesmente chamada de atenção está na ordem deste fenómeno.
Continuando em Cabo Verde, no passado as relações entre o Estado de Cabo Verde e Guine Bissau eram aparentemente excelents até
quase fundiram numa só mas, agora coisas estranhas estão a acontecer  e por causa da reputação própria e internacional, Cabo Verde
distanciou largamente de querer meter  numa união purejudicial num país onde os governos são trocados constantemente pelos politicos
corruptos.
Nas ultimas semanas uma mulher alegadamente Guiniense foi deportada de Cabo Verde para Guine acompanhada por duas guardas
oficiais mas no momento da chegada inesperadamente estes guardas foram presos e a deportada desapareceu ou sumiu
misteriosamente, deixando icógnitas perguntas no ar se defacto existe alguma alta tensao entre os governos destes dois paises que
dantes chamaram ou apelidaram de irmãos.

Numa  vertente da política mundial ou entre as nações, as vezes muitos não aprendem com a experiência; há mais de quatro dezenas de
anos, no tempo da Guerra Fria, entre os EUA e a Russia ex URSS e seus satelites, na era do Presidente John F Kennedy, foi imposto pelos
EUA, um grande bloqueio naval contra a Cuba onde qualquer barco dos URSS, viajando para este país, seria abordado e averiguado e
caso armas bélicas ou mísseis fossem encontradas  seriam automaticamente apreendidas ou destruidas sem quaisquer aviso prévio. A
ironia dos políticos nas decisões tomadas ás vezes são contravertidos;  imaginando os EUA, ter ou deixar que armas nucleares sejam
instalados na sua porta?...Desta vez foi entre a Coreia do Norte e Cuba, esta tentando   passar misseis num barco camuflado com sacos
de açucar rumo ao país asiatico Coreia do Norte, envolvendo a passagem no Canal de Panama, Panama que é  um país independente e
que foi avisado pelos os EUA desde logo sobre esta nova tentativa de enviar armamentos de guerra para este regime totalitario comunista.
Durante a inspeção do barco pirata, foram encontradas armamentos sofisticados a que o capitão do cargueiro, tentou passar primeiro,
fingindo suicidar se e depois causar alguma revolta no seu barco mas no fim, rendeu se ás autoridades de Panama.
Os EUA para não envolverem directamente, fez se passar de observador neste caso mas obtendo mais ou menos o mesmo resultado.
Muitos políticos são caprichosos, conservam aquele machismo-politico de não mudarem, talvés seus super-egos são cegos.
A Cuba, uma ilha de uma beleza natural  espectacular e com uma cultura própria, com uma musica salpigante a merengue e com um povo
pacifico, teve a pouca sorte de continuar num regime político fechado e controlador que em nada beneficia. Devido a tudo isso, sofreu  um
bloqueio economico sofocante que traduz em baixo nivel de vida do seu Povo e que ainda em nada quer uma mudanca radical para deixar
as pesadas de Fidel Castro que caprichou no poder quase cinquenta anos  fazendo discursos de seis horas contínua, manipulando
consciências que resultou na divisao das suas gentes e que continuam ser sufocadas na mesma ideologia deste ultrapassado lider.
Outra vez nos EUA a questao racial evidente, foi muito comentada e está a correr muita tinta sobre o direito individual civico que deve ser
cada vez mais respeitada legalmente. Muito caminho está pela frente onde a comunidade e os polIticos terão muito trabalho a fazer.  
Sobre isso um fácto inédito aconteceu com o aparecimento do Presidente Obama nas camaras de televisão do país e do mundo,
expressando emocionalmente como talvés nunca fez, debruçando totalmente sobre este   fenomeno racial que a todos prejudica em véz de
beneficiar.

Ainda na terra do Tio Sam, coisas estranhas polticamente acontecem, na grande cidade de Detroit no Estado de Michigan, algo estranho
aconteceu pondo em prova a questão de gastar a mais do que ganhar.
Esta famosa e histórica cidade faliu de tal maneira que adqueriu uma dívida de mais de quinze Bilhões de dollars e agora para sobreviver
declarou bankarrota Estatal e Federal para poder continuar como cidade. Escusado seria falar de estatisticas neste caso,   o montante
astronómico de dollars fala por si proprio. Como isso foi possível de acontecer, devemos ter uma ideia mas, o apropriado nome seria,
Maus Contabelistas e enrequecimentos duvidosos.
Sobre a Emigração / Imigração nos EUA e a legalização dos emigrantes e na lei da reforma emigratoria que foi debatido e passado no
Senado e que agora está sendo debatido na Câmara Baixa ou Congresso deste país está tendo alguma dificuldade com a ala
Republicana, principalmente pelos politicos do Tea-Party que não querem aprovar o plano no seu todo de direito a cidadania. Por causa
disso os Democratas e o Presidente Obama, vão ter que fazer muito mais para incentivar as gentes para fazerem mais pressão com os
seus elegidos representantes.
Factos, evidencias, ocorrencias da semana que continuara reflectindo no passado, presente e no futuro.

No Desporto a semana foi recheada de acontecimentos em Cabo Verde o desporto esta evoluindo mas mais atencao precisa se ter dado
principalmente nas comuinidades mais desfavoraveis. Em Portugal e Europa as mexidas e o treinos estao em pleno vapor e vamos a ver
se as algumas equipas nao vao perder tassas e campeonatos nos ultimos minutos.
Nos EUA a Copa Ouro esta mesmo interessante o futebol deste pais esta subindo cada vez mais e possivelmente vai continuar......
J. F. 21 Julho 2013 www.topicos123.com
4 Agosto 201
                                                        RESCALDO DA SEMANA
A par, como infelizmente é  costumeiro, as novidades desagradaveis, causam sempre momentos pensativos menos bom mas, a vida
continua seu trajécto natural.

Felizmente nas duas passadas semanas   e para variar, um dos tópicos predominantes na media,  foi o paparazzi cultural em Inglaterra, um
país tradiconalmente  referente a sua própria cultura e costumes.

Desta vez e como muitas outras vezes,  o  nascimento de um menino igual a todos os outros mas, com uma referência diferente igual a
poucos, foi uma das mais comentadas flash de noticias.

Em muitos paises, a Monarquia foi, é, e continuará sendo uma das formas de governação com influência directa e indirecta na sociedade.

Para muitos, o seu explendor e fascinamento cultural está pegado ás tradições atingas que ao longo dos anos perdurou no tempo para
satisfação de muitos e insatisfação para outros.

A Inglaterra, tem um governo democrático, elegido  pelo Povo e, fica diametralmente em contraste com a antiga forma de governação
monárquica mas,  para a pompa,  grandeza, costumes e símbolos sociais daquele país, a Rainha, continua sendo referenciada da mesma
maneira, com a mesma sucessão  hierarquica  entre os membros da família real e, nesta ordem  nasceu mais um herdeiro, o terceiro na
linha de sucessão; o Principe herdeiro, filho do duque e duquesa de Cambridge, que cogniminaram de George, talves mais conhecido pelo
neto da humanitária  e muita lembrada Princesa Diana.

Hierarquias, classes, posições e poder sociais, retrata a história humana desde o principio, pondo um equilibrium ou um imbalance entre as
camadas na sociedade que infelizmente nas mudanças, trazem drásticas ou benéficas  consequências para a humanidade.
Na religião, o novo Papa da Nação Vaticano, parece que entrou mesmo com o pé direito e quem sabe… pode ou vai haver algumas ligeiras
mudanças  na religião católlica que sempre usou cautela no sentido de mundanças, seguindo sua tradição secular.
Durante a sua primeira grande viagem para o Brasil,  o Mundo viu a fé dos brasileiros duma forma diferente principalmente entre os jovens
que deixaram saber seus descontentamentos com a posição governamental em relação a pouca oportunidade que eles tem naquele país.

De regresso a Vaticano, o Papa Francisco, deu uma entrevista no seu próprio luxuoso avião em frente de muitos jornalistas, estando talves
mais perto do ceu,  falando sobre classes, referindo aos Gays, disse que não devem ser condenados socialmente e espiritualmente  porque
são filhos e filhas do mesmo Pai.  Porém, evitou falar da igualdade dentro da igreja católica onde as mulheres, continuam ocupando
conformisticamente um lugar de segundo plano mas mesmo assim, sao elas que sustentam em muitos aspectos a sustentabilidade e a
continuação desta grande e histórica rligiao que eh o catolicismo.

Ainda no tópico  gender ou sexo, o Supremo Tribunal dos EUA, decidiu a favor da legalidade do casamento entre sexos iguais, abrindo o
caminho para muitas familias que viviam condicionadas na sociedade e em certos serviços e beneficios  sociais e legais como a emigracao,
heranças etc

Um casal Gay nos   EUA, conseguiu legalizar sua situação emigratória obtendo o primeiro Green Card de residencia permanente neste
contexto da Lei emigratoria deste pais  que correu muita tinta antes de ser aprovado.  Foi um bulgaro chamado Traian Popov e um americano
Julian Marsh.

Fácto social inédito na lei da emigração dos EUA, pondo a igualdade de casamento num patamar diferente que vai repercurtir e beneficiar  
outras camadas da sociedade.

Na política e sempre na política, o Egipto continua sendo um país inseguro politicamente falando com um governo, governando
enigmaticamente e os apoiantes do ex-Presidente continuando insistindo dia a dia, enfrentando a propria morte, reivindicando a democracia
que infelizmente está num estado critico e com um desfecho imprevesivel podendo - Deus nao permite - tornar se em uma nação em caos.

Os EUA e a CEE, estão fazendo esforços diplomáticos no sentido de evitar uma catastrofe como foi o caso da Siria e outros.
Ainda na política, em Cabo Verde os dois agentes policiais que foram enviados para Guine Bissau, levar uma mulher  que foi deportada de
Cabo Verde,  por algum motivo inesplicável e que foram presos pelas autoridades guinienses   já foram libertados mas,   os dois governos
mantém um silêncio enigmático e ensurdecedor que faz pensar que as relações diplomáticas e politicas entre estas  duas nações continua
com um grande stress politico.

Na área de transportes público nunca é demais salientar fáctores criticos que causam acidentes mortais, para alem da falha mecanica,  a
falha humana, contribui grandemente para isso, a negligência de seguir importantes regras das estradas ou aerea, conjugado com a
embriagues,  estupefacientes, que causam imbalance mentais, a falta de sono,  uso de telephone, internete e sobretudo a velocidade
exagerada está por exémplo na odem dos últimos grandes acidentes mortais ocorridos em Espanha e Italia que causaram grandes
sofrimentos as familia e a comunidade em geral.

Continuando na Estrada e velocidade, num leilao de carros historicos, um Mercedes-Bens W196 de 1954, carro de corrida, vendeu se por
mais de trinta milhões de dollars em Inglaterra. Esta sofisticada maquina de quatro rodas durante 1954 a 1955, ganhou nove Taças Mundial   
de corrida automobelistica.

Com este astronomico soma de dinheiro Marcedes-Bens, bateu e superou o anterior record que pertencia a Ferrari.
Desde a invenção das rodas, segundo dizem, pelos egipcios, o Homem não parou com o fascinamento de aumentar  a velocidade mas, a
fiticia ideia de valorizar objectos  continua crescendo, pondo muitos homens  e mulheres a subestimar verdadeiramente o sentido da sua
propria existencia na Terra.

Sobre a privacidade e o direito individual, muito tem sido falado nesta area, estamos a ver  que a tecnologia parece que está vencendo esta
batalha ajudando a condicionar os proprios direitos civicos e quem sabe num futuro nao longiguo o proprio Homem.

Tudo está a ser visto, escutado e rastijado, o pior é que a última invenção diz que já se pode ter internete nos óculos com a tecnologia de
ponta e ate com miniatura camera fotográfica o que leva a fazer a seguinte pergunta, como vai ficar a privacidade individual neste aspecto.
Haver vamos.

Fáctos, ocorrências, decisões e liberdade tudo relacionados com  retrospectiva semanal numa optica imparcial mas critico.
J.F.
www.topicos123.com
RESCALDO DA SEMANA

O Planeta Terra, singular na nossa Galática Milk-Way; pelo menos no que sabemos até ainda.
Segundo os cientistas, Milk-Way, tem mais de duzentos bilhões de Sois com os seus prõprios sistemas solares. O Universo contem mais de
duzentos bilhões de galáticas.
Nesta ordem de ideia, nossa Planeta Terra, comparada com o Universo provavelmente é menor que uma bolinha de pingue-pongue.

Neste pequeno espaço que habitamos, nós os homens e mulheres nunca cansamos de estar em controvercias, procurando sempre alguma
forma de discordar sem concordar o que devia ser o contrario.
No política sempre há desavenças entre as partes; a nao ser quando uma parte reconhece ou aceita temporariamente, o que esta certo.

Os EUA, com uma democracia bem fundada mas com rasuras perigosas, o jogo político quase descarrilava ou fechava o governo duma
maneira imprevisível com resultados possivelmente catastróficos economicamente falando. Os intervinientes debateram, ponderaram,
ameaçaram trocaram ideias a tal ponto de não concordarem mas, no fim premaneceu o bom censo.

Os Partidos Republicanos e Democratas, na sua maioria não entendem entre eles; o pior é quando um controla uma instituição e o outro
controla a outra. Ainda mais complicado quando num mesmo partido há uma ala ascendente como é o caso dos Tea Parties dentro do
Partido Republicano.

Controlado pelo congressista Ted Cruz, um político destemido, inteligente e mesmo carismático que consegue mesmo impôr sua ideologia
com uma capacidade oradora singular de procurar convencer seus seguidores e não só.
Segundo muitos políticos se este congressista do Tea Party não for travado politicamente, uma grande brecha no Partido Republicano vai se
abrir e ate mesmo uma reversão politica nos EUA pode acontecer.

O Presidente Obama, sofreu nos últimos tempos uma grande pressão política dos seus opositores, principalmente referente ao programa
national de saúde o Obama Care, que devido talvés á pressa ou necessidade de sua implementação, criou um Website disfuncional que
custou mais de quatrocentos milhões de dolllars - uma astronomica quantia mesmo - e que praticamente nao funciona bem, levando o
moderado Senador John McCain, a dizer ao Obama, enviar Air Force One, para Sylicon Valley em California, a fim de trazer especialistasno
ramo para reparar este Website que é um programa de meter dados para qualificação no Obama Care. Realmente um clitch ou falha
tremendo!

Voando fora dos EUA, a caminho de Moçambique um país que sempre está a beira de uma guerra civil não obstante a diplomacia
internacional, o governo no poder não hesitou de tentar fuzilar o dirigente do partido oposto enviando blindados e artilharias, atacando uma
base da Renamo onde se encontrava o chefe deste partido Afonso Dhlakama, Que mais se pode fazer para trazer harmonia a esta terra
irma?...

Do outro lado da Africa as relações entre Angola e Portugal, estão mesmo quente e tudo parece que não vai esfriar cedo. Como é sabido o
eterno Presidente José Eduardo dos Santos, gosta de mandar e enrriquecer também, está comprando pouco a pouco pedaços de Portugal,
nas multinacionais e em outras formas. Portugal para além de beneficiar, envia grande parte da sua mão de obra para Angola tirando assim
ganhos em dois sentidos, diminuir seu desemprego e obtendo receitas familiares que sao enviados para o país.

No negócio e politica, dificilmente o segredo fica guardado. Criticando estas negociações bi laterais, alguns Portuguese cientes, criticaram a
maneira destas transações ditas irregulares, a reação da parte Angolana não se fez esperar. A Embaixada portuguesa em Angola soube da
parte angolana que os possiveis branqueamentos de dinheiro que muitos intervinientes estão a praticar uma investigacao vai seguir.
Ora, a expressão branqueamento de capitais entre membros de governo ou indeviduos, é um termo educado mais nada mais nada menos a
mesma coisa que roubar as claras.
Se nao aparecer solução rápida ou damage control muita água ou tinta vai corer e logicamente quem vai prejudicar fica bem claro.

Em Cabo Verde, o estadista Pedro Pires, recebeu mais um prémio duma organização internacional premiando o seu desempenho em prol do
seu país, da Africa e da comunidade em geral para democracia.
Aqui vivemos e aqui aprendemos. O ex Presidente Pedro Pires, algumas décadas passados referindo a educação na ilha do Fogo, disse que
nesta ilha e naquela altura não precisava de ter um Liceu; seja escapatoria linguista ou algo diferente, a expressão caiu mal. Agora, volvidos
muito tempo e na época doirada da sua vida, seria muito bom dar uma fatia destes prémios ao desenvolvimento de educação na ilha do
Vulcao.

Também em Cabo Verde, os partidos politicos estão já preparando antecipadamente para as eleições. O MPD, partido da oposição está
ciente mas, tem alguns problemas internos criticos a resolver e parece que vai haver longo caminho a percorrer para poder acalmar um pouco
a ganância do poder que existe dentro deste partido.

Na outra fila, está o PAICV, que depois da notória rotura presidencial, conseguiu reagrupar mas ,por outro lado o governo, comandado pelo PM
José Maria Neves, apesar de ser um astuto e inteligente político não deve continuar a informar os CAabo-verdianos sobre o estado da nação a
sua maneira, porque as estatístcas não revelam tudo. Por muito ele colocou Cabo Verde como um país blindado ás crises internacionais. O
seu principal parceiro em muitos casos foi Portugal, a Europa está ainda na crise, os EUA embora seja menos aguda mas, está numa
situação ainda de espera. A África nem dá para comentar neste estado, os ventos de mudança não trouxeram nada de benefício prático. A
irmã Guine, está mesmo de prevenção e as relações mútuas estão mesmo em perigo.
A pergunta certa para uma resposta incerta; é que o nosso Primeiro Ministro, continua fazer cerenatas de discursos nas memorias dos
Cabo-verdianos a dizer que tudo esta bem. Vejamos,
O desemprego em Cabo Verde, continua aumentando, a exportação a nível nacional e internacional nada, o comércio está de braços
cruzados, há mesmo carência alimentar em algumas comunidades, a azágua nao resolve muito, devido ao aumento populacional e a falta de
vontade para trabalhar.
Os estutantes, depois de cursados só vejam diplomas, trabalho quase nada, nem sequer um programa de relocar os nossos graduados no
estrangeiro funciona; o turismo não pode solucionar tudo e há competições perigosas que ainda não podemos concorrer.

Portanto, já não estamos inconscientes e basta de mentiras, mais colaboração e menos peias partidarias e mais astucidade diplomática nas
áreas apropriadas a bem de todos.

Para fechar, o caso Malala,, uma estudante Paquistanês que foi baleada na cabeça pelos Talibans só por causa que ela queria estudar e
aprender e adquerir conhecimentos para uma libertação moral e social na sua sociedade e no mundo inteiro. Dado como morta, foi enviada
de emergência para Inglaterra onde teve uma recuperação milagrosa, falou na ONU e em muitas organizações e na semana passada foi
recebida pela Rainha de Inglaterra numa audiencia especial junto dos pais e altas individualidades.

Malala uma crianca, uma jovém estudante, pobre e humilde, que com seu poder de fê está conseguindo fazer algo que parece impossível de
transformar o mundo com a sua menssagem da educação para todas as crianças como ela.

Fáctos ocorridos, e uma apreciação crítica de um ponto de vista imparcial e com um sentido social comunitário.
J. F.
21 Out 2013
      CONSULADO DE CABO VERDE USA RECONSIDERAÇÃO DE DIRECTRIZES

Numa conversa com um amigo, por sinal muito conhecido na comunidade, debruçamos sobre a polémica anti comunitaria notarial causada
pelo consul de Cabo Verde nos USA Sr. Pedro Graciano. Dissemos: Todos nós uma véz ou outra, tomamos decisões erradas mas,
procuramos sempre concordar aprender para fazer  o melhor.

Há que ter sempre na mente a sensibilidade comunitáriia; na política ou nas decisões tomadas, a ética nunca deve ser posta de lado mas sim
respeitar a dignidade pessoal e professional de cada um.

A polémica e a aparente  decisão unilateral de suspender praticamente todos os Notários Públicos dos USA junto do Consulado Geral de Cabo
Verde nos USA, era uma decisão anti-comunitária e calculada sem ter em conta os efeitos colaterais negativos que ia resultar.

Uma vez mais, o Sr. Pedro Graciano, passa sobre a ética ao divulgar no site do Consulado de Cabo Verde uma nota intitulada  NOVAS
DIRECTRIZES PARA A LEGALIZAÇÃO DE ÁCTOS NOTARIAIS, sem contudo primeiro, ter o senso de informar os Notários Públicos, inscritos no
CCV-USA de que tinha retrocedido da sua decisão anteriormente tomada, o pior ainda, formular convite para uma reuniáo com os Notários
Públicos sobre estas supostas directrizes.

Como um representante do governo, servindo a comunidade, nenhum consul deve flip-flop ou tomar decisões e medidas que não abona em
nada os interesses da mesma.

Mais ou menos dois anos passados, o Sr Pedro Graciano, implementou nos serviços consulares de Cabo Verde nos USA uma outra medida
anti-comunitária e anti-democratica, ao decidir interditar novos Notários Públicos, oficializados pelo Governador de Massachusetts a prestarem
serviços na comunidade e consequentemente junto deste consulado; tudo leva a crer que esta decisão foi mesmo pessoal e uniteral sem dar
conhecimento as autoridades em Cabo Verde.

Quando um Notário Público  é licensiado ou autorizado pelas autoridades oficiais do Estado de Massachusetts para prestarem serviços na
comunidade, seguem regras jurisdiciais próprias  com  critérios apropriados. Tentar delimitar  ou excluir novos Notários Públicos a prestarem
serviços para o Estado de Cabo Verde, vai contra os interesses deste país. Os  N. P. não servem exclusivamente só os Cabo-verdianos mas
sim, toda comunidade  não importa a etnia e sim todas as pessoas que precisam   de algo sobre serviços consulares por algum motivo ou
outro.
Portanto seria bom e do interesse da comunidade, o Consulado de Cabo Verde nos USA, aceitasse sem mais demora  a inscrição de Novos
Notarios, o que significaria bom entendimento da parte desta instuição.

Graças ao lobby feito pelos N. P. na comunidade, os partidos políticos PAICV, MPD, UCID,  as autoridades competentes de Cabo Verde foram
informadas ou inteiraram de como esta medida ou decisão anti-comunitária do Sr. Consul, estaria em contraste com os princípios
democráticos no relacionamento com a comunidade aqui nos USA e resolveram de uma maneira sensivel obrigar o Sr. Pedro Graciano a
retroceder nesta sua infausta e histórica decisão.

Para se poder ter transparência, menos burocracia e eficiência os serviços consulares  de Cabo Verde nos  USA, devem ser restruturados
facilitando melhores prestação de serviços a comunidade.
Só para citar um exémplo a pouca eficiência nos serviços consulares CCV, levou uma noiva a esperar praticamente 4 semanas para fazer uma
procuração de casamento. Caso contrário se for de urgencia  a noiva pagaria um custo  mesmo exorbitante.

Num país altamente desenvolvido como é o caso dos USA o tempo é escasso, o condicionamento e a burocracia não tem lugar, a
implementação é a palavra chave.

A maioria dos Notários Públicos já sabem que há outras alternativas de oficializar documentos sem passar pelo CCV, documentos a serem
enviados para Cabo Verde, uma alternativa forçada que pode prejudicar o Estado de Cabo Verde e os serviços consulares relativo a receitas.
Eu pessoalmente como um N. P. não contribuiria para isso desde que o CCV tenha em conta os interesses da comunidade e não tentar
impedir os Notarios Publicos a fazerem os seus serviços junto deste consulado.

Muitos contactos,  reuniões e esforços foram feitos pelos Notários Públicos na comunidade a fim de resolver esta polémica criada de uma
maneira talvés intencional, muitos mais esforços serão feitos até que um melhoramento seja alcançado relativo aos serviços comunitários
dirigidos ao CCV nos USA.

J.  F.
Randolph USA
Jan 30, 2015
www.topicos123.com
                       POLITICOS, DINHEIRO INTERESSE E DESIGUALDADE SOCIAL

Afinal os três partidos políticos de Cabo Verde. O PAICV, MPD e UCID, concordaram politicamente na questão de subirem seus
vencimentos e do Presidente Republica, quase triplicando o pagamento, sem contar com regalias ou mordomias de várias
ordens.
Os poLíticos disseram que já havia tempo que não tinham aumento salarial não acompanhado o crescimento ou subida de
preçcos e do nível de vida no país. Tudo bem, quando haja necessidade, logicamente o aumento é sempre necessário como
em toda parte mas, se o regime que temos em Cabo Verde é mesmo democrático entao a democracia é da segunda classe ou
uma democracia de ganho pessoal.
A data que os politicos escolherarm para aumentarem seus vencimentos não foi escolhida por acaso.
O fácto de que CV vai entrar no periodo das eleições legislativas fala por si próprio, sabemos muito bem como os politicos
defendem a todo custo seus salarios.
O fácto de que a situação calamitosa da Chã das Caldeiras causada pela erupção vulcânica ainda não foi resolvida aliviando o
sofrimento das pessoas desta localidade que continuam vivendo no desespero do dia a dia sem exergarem ou saberem ceto o
dia de alivio ou de voltarem a ter uma vida condigna na familia, no trabalho, na escola e na comunidade, continuam sendo uma
mancha negra na nossa capacidade politica de resolver pertinantes problemas sociais do país.
O fácto dos nossos políticos esquecerem ou tentarem esquecer a míngua pensão de sobrevivência que um Caboverdiano/a
tem mensalmmente que fica cerca de quatro contos em trinta dias para comida, vestuario e moradia, acrescido de custos
burocráticos de selos e outros incovinientes pessoais, fica mesmo incrível de acreditar que os nossos dirigentes e politicos,
tenham a coragem e a garganta de tragarem este aumento salarial em proveito próprio sem contudo reflectir da desigualdade
social que estão causando, aumentando cada vez mais o fosso economico reinante no nosso pais neste grave periodo de
inceteza económica e social que Cabo Verde está vivendo.
Qual é o partido politico que vai nivelar mais a desigualdade social de vencimentos ou pensão principalmente na camada
vulneravel da velhice e da incapacidade.
J. F. 27 March 2015 USA
10 Dez 2014
GENTES DE CHÃ DAS CALDEIRAS E O FUTURO

Chegou ontem a noite aos USA o conhecido artista Michel Montrond, acompanhado da sua esposa para uma digressão e
aproveitar estar com a familia, amigos  e a comunidade em geral. No seu regresso do Logan aeroporto em Boston, tive a
oportunidade de ver o jovem casal e falar um pouco sobre a situação que as pessoas de Chã das Caldeiras afectadas pela
erupção vulcânica estao vivendo nos centros de acolhimento em Achada Furna e Monte Largo, onde aparentemente existe
uma certa disorganisação entre as pessoas afectadas na maneira de como estão sendo ajudadas ou tratadas.
Em qualquer  desastre natural de grande envergadura como esta erupção vulcânica em Chã das Caldeiras na ilha do Fogo, o
estado de espírito ou emocional fica logicamente alterado em muitos aspectos, socialmente, fisicamente etc, neste aspécto a
tranquilidade é muito importante. Da maneira como agimos, afecta a outra pessoa, tambem da maneira que a outra age afecta
a nós mesmo.
É preciso incentivar de diversas maneiras as pessoas que estão sendo afectadas por esta crise a terem esperança positiva
num por vir ou num futuro mais melhor.
As gentes de Chã das Caldeiras,  sao resilientes e flexiveis as circunstancias, vão adaptar aos poucos mas, precisam de
compreensão e tempo para poderem reorganizarem e voltarem a normalidade.
Da colaboração nacional, internacional, a solidariedade individual e comunitária, das ajudas que estão sendo recebidas agora
e das que vão serem recebidas no future tanto em quantias monetárias ou materiais, com um bom plano de implementação,
distribuição, restruturação e relocação, tudo leva a crer que uma vez mais esta comunidade  afectada por esta catástrofe
natural terão oportunidades de repensar, integrar e prosperar para contribuirem uma vez mais para si mesmos, a  e a
sociedade em geral.
J. F.
Randolph USA
www.topicos123.com
27 Agosto 2015
                                                                                              Nem Só de Pão Vive o Homem

Activividade, lazer, vontade, preguiça e sobretudo amor, são parametros que estão relacionados connosco.
Praticamente todo os Caboverdianos emigrantes sabem como se faz azágua que é o sustento e a esperança para uma sobrevivência condigna da
maioria das gentes em Cabo Verde.
Daqui da diaspora, quanto o tempo permitir procurarmos  tentar reciprocar ou lembrar os meses de azágua na nossa terra que muitas vezes não tem
bom resultado mas mesmo assim, o espírito e esperança continua sempre, principalmente as pessoas  de mais idade enquanto que os mais novos
ja perderam o amor e habito de cultivar a terra, sabendo que a producao pode ser quase nada.
Neste aspecto a mentalização juvinil pode até certo ponto estar certa relativa a azagua mas, nunca se deve perder a esperaça ou o espirito de
diversificaçãõ.
A educação, escola, diploma é necessário para o desenvolvimento mas, num país como Cabo Verde onde o poder de criar empregos  da parte do
governo ou das fracas empresas privadas relativamente ao todo é de fraca percentagem melhor dizendo, onde constantemente a maioria da classe
trabalhadora   não tem emprego, tudo indica que se nao houver uma outra forma de pensar ou fazer política o nível de vida não fictício continuará a
baixar perigosamente pondo em risco alguns ganhos ganhados.
Um dos graves problemas da maioria dos nossos políticos é  nao saberem aproveitar o know-how existente no nosso pais.
Nada serve se formarmos jovens professionais dentro e fora do país se não forem criadas estruturas e condições para aproveitarem o conhecimento
adquerido.
Muitos  países desenvolvidos sem muitos minerios e com fracos recursos naturais, aproveitam o in-source em vez do out-source, produzem em casa
em vez de mandarem produzir no estrangeiro; importam matéria prima e tranformam  em mercadorias rentáveis de venda no estrangeiro criando
assim maneira de auto-sustentarem.
Voltando assim a Azágua - depois desta breve apreciação sobre trabalho - esta palavra mágica Caboverdiana  que todos nós conhecemos; as chuvas
já cairam e vao cair outras vezes, uma grande parte desta riqueza não vai ser aproveitada, infelizmente.
Somente com as dádivas das barragens a maioria dos jovens não vão ter empregos.

Há que aprender e aproveitar fazer o ovo de diversas maneiras.

A pecuária ligada a agricultura e pesca pode ser uma alternativa, grande parte das propriedades rústicas estão  ficando praticamente abandonadas e
as que estão sendo mínimamente aproveitadas não faz muita diferença.  Os recursos entre os jovens ou a famíla jovem praticamente são inexistentes
e nao há incentivação de crédito.

Neste ponto, o governo deve criar condições satisfatórias e fazer muito mais, por exemplo no arrendamento de propriedades para que os jovens
sintam motivados a trabalharem nos campos ou propriedades com a certeza de puderem sustentarem a si mesmos e a família satisfazendo assim
seus desejos criando possibilidades de competirem economicamente na comunidade.

Mesmo perante este sombrio cenário é possivel sobressair condignamente, conjugando ideias práticas como a criação de gados, aves como
galinhas que num curto espaço de tempo  o resultado pode ser satisfatório.

Segundo muitas fontes, este ano em Cabo Verde, muitos animais de sustento já morreram de fome e outros  que ficaram estão sem condições para
poderem serem aproveitados num curto prazo.
Os agricultores, perderam suas fontes de sustentos, as famílias ficaram com fomes, tinham dito que medidas seriam tomadas para evitar esta
catastrófica crise mas, pouco fizeram, em vez de os políticos providenciarem para evitarem este feio desfecho de envitar que os animais de pastagem
morressem, desviaram atenção, legislando  aumentos de vencimentos.
J. F. 27 August 2015
                                             PESADELO POLITICO GOVERNAMENTAL

No debate que precedeu as eleições legislativas em Cabo Verde entre Janira Almada e Ulisses Correia, este disse, se vencer as
eleições, uma das medidas prioritárias e urgente  é o despedimento imediato do gerente principal da TACV que para Ulisses, já
devia ter sido corrido muito antes, assim como se faz quase em todos os países.

A TACV, uma companhia estatal de bandeira como é chamado,  não conrespondeu as espectativas porque, uma empresa que
envergonha e prejudica a comunidade e o pais não merece ser chamado assim.

Ainda relativo ao debate entre Ulisses e Janira, o presidente do MPD agora vencedor destas eleições e brevemente Primeiro
Ministro de Cabo Verde, disse que é possivel salvar a TACV com uma nova dinámica e melhor gerência. Ora, num estado
democrático com free enterprize, o estado nunca deve ser uma entidade epresarial, principalmente com o simples propósito de   
conservar um nome ou etiqueta sem dar conta da grave situação que esta mesma empresa aérea constantemente foi ou está
mergulhada.

A solução da TACV, deve estar na privatização o mais urgentemente possível se ainda os recursos desta deficitária companhia
permita isso.

Ainda hoje Ulisses Correia disse que a situação da TACV é gravíssima talvés muito mais pior do que tem sido noticiado o que de
certa maneira, vai prejudicar os trabalhadores desta empresa que nunca deviam ser expostos a uma ocorrencia tão crítica como
esta.

Muitas vezes a transparencia politíca está intercalada com discursos políticos mas, a realidade é bem diferente.

Ulisses, depois de vencer frisou que não há perdedores, vencidos ou ganhadores, por outro lado a Janira disse que reconheceu a
derrota e que o trabalho de repôr a dignidade política do PAICV começaria logo no dia seguinte.

Os Tambarinas, historicamente sabem como recuperar, fazendo uma forte oposição só vai fortificar a democracia Caboverdiana; a
questão que se põem é como vai ser a restruturação política interna do PAICV.

O Povo é quem mais ordena, assim se diz mas, os pesadelos políticos são muitas vezes pesados, diversas vezes causam mudanças
como aconteceu na ilha do Fogo o bastiao do PAICV que viu de noite para dia, mergulhado num inesperável ou mesmo talvés
esperável situacao de uma derrota contundente..

A maneira que foi tratada a catastrófica situação social das gentes de Chã das Caldeiras, resultante da erupção vulcánica, foi
mesmo o fáctor determinante desta reviravolta política, acompanhado da sina política de Djarforgo, onde outros fáctores politicos
evolvidos ditaram esta pesada licao.

Como já tinha dito antes, na ilha do Fogo principalmente no Concelho de Santa Catarina, Chêchê Ki Fra, sabe bem pôr os partidos
politicos em sentinela.

A comunidade e a politica, estão sempre de mãos dadas, praticamente precisam um do outro, quando há interesses politicos
pessoais envolvidos numa instituição estatal e comunitária todos prejudicam de uma maneira ou outra. Esta referencia, está
relacionada com o Consulado Geral de Cabo Verde através do Cônsul Geral Sr. Graciano, que nunca esteve integrado
desiteressadamente na comunidade, apesar dos esforços que a mesma fez em Cabo Verde na pessoa dos deputados e dos
notários públicos que numa polémica pública que este cônsul implementou contra a comunidade aqui nos USA a ponto de não
aceitar muitos  notários certificados  pelo Estado de Massachusetts no Consulado de Cabo Verde prejudicando, familias, individuos,
trabalhadores e organizacoes de muitas maneiras.

Um consulado, deve ser imparcial relativo a comunidade. Durante muitos anos, o Sr. Consul de Cabo Verde, negou
responsabilidade nesta comunidade, apesar dos esforços feitos pela comunidade e por muitos dirigentes dos partidos políticos  
para melhorar ou facilitar serviços comunitários que infelizmente continuou sempre da mesma maneira.

Desta vez espera que a escolha dum consul aqui nos USA, recai  na pessoa de um Foguense que por muito tem sido depravado
desta escolha e tambem em honra da ilha do Vulcão que historicamente para reforçar cada vez mais os laços de amizade entre as
duas comunidades a favor de Cabo Verde.
J. F. 24 Mar 2016  www.topicos123.com