SOCIO-CULTURAL
BRAVA SEM SISMO

MERGULHADA NO ABISMO

By Dr. Azágua

Sejamos todos irmãos

Na Paz e Amor

Com valor e sabor

Sem dor e sem rancor

Porque somos todos cristãos.


A luta que é minha e que é sua

Ainda continua

Nua e crua

Lá dentro e na rua.

A Nação precisa da nossa mão

Mas o povo, igualmente, merece atenção

Sem alienação

Sem discriminação

E muito menos dominação.

Ora essa!

Estou com pressa

Mas isto interessa!


Na ilha Brava

A situação cada dia agrava;

O que movimentava trava

Coisa que ninguém esperava.


O relógio pára.

A vida cada vez mais cara;

O mar oferece um pescado

Mas ái do coitado!

Quando não há vara...

Muita escassez!

Muita rigidez!

Muita atribulação!

Muita aflição!


Em Santa Bárbara

A vida é mesmo bárbara...

Milhares de pares de olhos nus

Avistando o horizonte sem luz;


Furna ao fundo

À procura dum outro mundo

Ao encontro de um abrigo

De um abraço amigo.


Os dois ilhéus ali bem perto

Neste mar aberto,

Óra em calma quietude

Óra em sossego amiúde

Óra acordado

Num olhar agitado,

Oferecendo suas gaivotas

Suas águias de rapina,

Cantando em notas

ou sem notas

Á procura de um jazigo,

Trazendo consigo

Senão poeiras de aspirina...


Tudo em vão

Em nome da Nação!

Em nome da Nação...

Para quando há solução?


Pergunto eu sem fantasia;

Perguntamos nós sem cobardia.

Sem a nossa voz

Não há democracia!
                                    MIDJO X ARROZ

Midjo e arroz encontra na rua de Sucupira. Es fla companhero mantenha e midjo pergunta arroz se
ca quexado nada. Arroz fla midjo ma dje sta farto de vive na Praia Capital pamode é sta passaba
muto mal.

Ma na Praia é tudo dia: carne na arroz, arroz xauxau, pexe na arroz, arroz tantam, saladas na arroz,
lagosta na arroz, arroz pa da pombas e tchotas pa cume e ma tem otos de Praia mas abusados inda
que ta cume arroz sissi so pamode quipeza.

Arroz fla midjo ma el Praia nunca mas ca ta odjal pamode é sta fuge de la. É fla ma se é bai mora la
Fora, é ta fica na saco sem sofre e es ta tral e usal so na tempo de festas.

Midjo fla arroz tambe: rapaz anho ami na Fora tambe nca sta passaba sabe nau. Mi djam resolve bem
mora na Praia. La na fora es ta simiam, cotchim, pilam, ilam, es ta fazem: catchupa, xarem, cufongo,
pastel, camoca, tenterem, cuscus e inda es ta da limarias pa cumem. Ami fora nca ta bai nunca mas.
Na Praia es ta tenem so na sacos anos ta bai, anos ta entra.
Autor desconhecido

                                                  CACHORRO VELHO

Uma velha senhora foi para um safari na África e levou seu velho vira-lata
com ela.

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que
estava perdido.

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um
jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um
bom almoço ..

O cachorro velho pensa:
-'Oh, oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no
chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se
junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador
..
Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama
bem alto: -Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por ai?
Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu
ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.
-Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me
pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como
fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao
predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum...
E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê
correndo na direção do predador em grande velocidade, e pensa:
-Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um
acordo com o leopardo.
O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz: -'Aí,
macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele
cachorro abusado!'
Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com
um macaco nas costas, e pensa:

-E agora, o que é que eu posso fazer ?

Mas, em vez de correr ( sabe que suas pernas doídas não o levariam
longe...) o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e
fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante
para ouvi-lo, o velho cão diz:

-' Cadê o safado daquele macaco? Tô morrendo de fome! Ele disse que ia
trazer outro leopardo para mim e não chega nunca! '

Moral da história: não mexa com cachorro velho... idade e habilidade se
sobrepõem à juventude e intriga.
Sabedoria só vem com idade e experiência.

> Se você não mandar essa fábula a 5 'velhos' amigos já, já, haverá menos 5
> pessoas rindo no mundo. É claro, que eu não estou, de modo algum,
> insinuando que você esteja velho. Apenas um tantinho assim mais experiente.

Ou você não percebeu o tamanho da letra que escolhi?

Autor desconhecido
                             MAIS OU  MENOS

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou
menos, e até ter um governo mais ou menos.

A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um
transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.

A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...

TUDO BEM!

O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou
menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.

Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.

Xico Xavier
                          ISSO É QUE É PSICÓLOGO !

Caro Antônio Roberto, Psicólogo e psicoterapeuta

Espero que possa me ajudar.

Peguei meu carro e saí pra trabalhar, deixando meu marido em casa vendo televisão, como
sempre. Rodei pouco mais de 1km quando o motor morreu e o carro parou. Voltei pra casa, para
pedir ajuda ao meu marido. Quando cheguei, nem pude acreditar, ele estava no quarto, com a
filha da vizinha!
Eu tenho 32 anos, meu marido 34, e a garota 22. Estamos casados há 10 anos, ele confessou que
eles estavam tendo um caso há 6 meses. Eu o amo muito e estou desesperada. Você pode me
ajudar?

Antecipadamente grata.
Patrícia

RESPOSTA  

Cara Patrícia,

Quando um carro pára, depois de haver percorrido uma pequena distância, isso pode ter
ocorrido devido a uma série de fatores. Comece por verificar se tem gasolina no tanque. Depois
veja se o filtro de gasolina não está entupido.
Verifique também se tem algum problema com a injeção eletrônica. Se nada disso resolver o
problema, pode ser que a própria bomba de gasolina esteja com defeito, não proporcionando
quantidade ou pressão suficiente nos injetores. A pessoa ideal para ajudá-la seria um mecânico.
Você jamais deveria voltar em casa para chamar seu marido. Ele não é mecânico. Você está
errada. Não repita mais isso.

Espero ter ajudado.

Dr. Antônio Roberto
                           Jack Daniel's Fishing Story

When I was fishing some time ago I ran out of worms. Then I saw a
cottonmouth with a frog in his mouth, and frogs are good bass bait.

Knowing the snake couldn't bite me with the frog in his mouth, I
grabbed him right behind the head, took the frog and put it in my
bait bucket.

Now the dilemma was how to release the snake without getting bit.

I grabbed my bottle of Jack Daniel's and poured a little whiskey in its mouth.

His eyes rolled back, he went limp, I released him  into the lake
without incident, and carried on my fishing with the frog.

A little later, I felt a nudge on my foot.

There was that same snake, with two frogs in his mouth.

Best regards,
JT

                                                           A Nadadora

Um homem conheceu uma linda moça e decidiu casar-se com ela.

Ela disse:

- Mas não sabemos nada um sobre o outro!

Ele respondeu:

- Não há problema, nós nos conheceremos com o tempo.

Ela concordou.

Casaram-se e foram passar a lua de mel num luxuoso resort.

Certa manhã, estavam ambos recostados, junto à piscina, quando ele se levantou,

subiu no trampolim de 10 metros , realizou uma perfeita demonstração de todos

os saltos que existem e voltou para junto da esposa.

Ela disse:

- Isso foi incrível!

- Fui campeão olímpico de saltos ornamentais.

Eu te disse que nos conheceríamos com o tempo - respondeu ele.

Nisso, ela se levanta, entra na piscina e começa a nadar, ida e volta em impressionante
velocidade.

Depois de 30 voltas ela sai e vai recostar-se junto ao m ari do, sem demonstrar nenhum cansaço.

Ele disse:

- Estou surpreso!

Foste nadadora olímpica?

- Não, explicou a donzela, fui puta em Veneza e atendia a domicílio...
Autor desconhecido
10 Mar 2011            Excelente Resposta !

Um mecânico está a desmontar o motor de uma mota, quando entra na sua
oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele olha para o
mecânico a trabalhar.
O mecânico diz-lhe:
- Doutor, olhe para este motor. Eu abro-lhe o coração, tiro as
válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente. Quando eu
termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Porque será que eu
ganho tão pouco e o senhor tanto, quando o nosso trabalho é
praticamente o mesmo?
O cirurgião dá um sorriso, inclina-se e fala baixinho ao ouvido do mecânico:
- Tente fazer isso com o motor a funcionar...
Fonte: Internete